Editorial: ora, bolas.

# “Ele pode comprar até a minha mãe”. Andréia Albertine, a travesti do Ronaldo.

A vida, às vezes, nos arregaça as pregas. Tirei uma semana de folga do mundo, coloquei a vida em dia e quando volto, pimba! Um dos melhores escândalos de todos os tempos: Ronaldinho, pó e travecos. Uma versão madeinBrazil, produzida pela Brasileirinhas, para o sex scandal do Hugh Grant. Então vamos à reconstituição dos fatos:

Era uma vez Ronaldo Fenômeno, jogador semi-aposentado, que marcou “curioso” quando o Orkut lhe perguntou quais eram suas preferências sexuais. Numa madrugada solitária, Ronaldo saiu de uma balada na casa da Vovozinha. Porém, queria mais. Ele podia ter alugado a garota de programa mais cara do RJ, mas para quê? Bom mesmo é ficar escolhendo no calçadão, olhando a vista ao som de Sensual Seduction. Como havia feito ingestão de bebidas alcoólicas, decidiu não correr riscos e pegou o primeiro cara de peruca que encontrou. O travesti disse que seu nome era Andréia Albertine e que gostava de plataformas de cristal acrílico. Enquanto conversavam sobre sua infância, Andréia chamou mais duas amigas para participarem da brincadeira. Ronaldo adorou e pagou tudo adiantado, mas no fim, como não rolou o saci com giratória, Andréia achou que era pouco. Agora, Ronaldo, que podia ter terminado a carreira como cover do Lionel Richie, vai ficar conhecido como aquele jogador que tomou um boa-noite-Cinderela de três travecos. A namorada já o abandonou. A Cicarelli está beijando o Raul Gil. O Cabrini foi solto graças à auto-ajuda. A Hebe está dormindo com uma galinha. E o Sérgio Mallandro está animando formaturas. Com quem Ronaldo quer competir?

“Daí, quando ele cheirou, começou a viajar. Dizia: “Pelo amor de Deus, vocês não vão aprontar pra cima de mim, não”. Eu falei: “Bebê, se você semear amor, vai colher amor. Agora, se você aprontar com a gente, a gente vai aprontar com você”. Andréia Albertine, filosofando sobre a pessoa humana de Ronaldo.

# Srta. Bia’s Facts: Em sua vida passada, Srta. Bia foi uma drag queen paraense chamada Walleska Kaionara. Porque ela acha que a vida precisa de muita cafonice e glitter, sempre que possível.

# Vamos Twittar ô-ô-ô… Me rendi ao brinquedinho. E nem foi por causa dos textos do Inagaki, do Seu Paulo, do Ian ou do Edney, mas porque durante um encontro do Blogs DF me senti uma excluída digital e desisti da minha resistência farroupilha. Então, se você tiver interesse em saber qual é a minha música do dia, ou quiser acompanhar, em primeira mão, as notícias trashs e fofoquentas que fazem minha alegria matinal, siga-me.

# Frase da semana: “Enfia uma dentadura no cú e você vai rir bem mais.” Ouvida numa peça de teatro, que não lembro o nome.

# Bilhete do dia: O Homem de Ferro. A espera foi grande, o Ozzy me acordou por uma semana… O filme é ótimo! Robert Downey Jr. para o Oscar, Tony Stark é o Homem de Ferro! A trilha tem Black Sabbath (óbvio), AC/DC, Filter e outros. Piadinhas para quebrar o clima, um herói carismático e um vilão ganancioso. Fique até o fim dos créditos, tem uma surpresa bem legal com pistas para o segundo filme! E logo, logo Downey Jr. vai estar no topo de uma lista dos mais sexys. Cotação: R$18,00.