Nosso Acordo

Veronica é a garota esperta com cabelo bololô, que carrega um lobo no casaco de couro. Tem no dedo mindinho uma garra. Lucky é o garoto sorridente com penteado dos anos 80 que prefere o dia. Sua cor favorita é spray branco. Lucky está apaixonado e Veronica não soube esperar. Eles já foram uma vampira e um lobisomem, mas agora são dois jovens apaixonados sorrindo num telhado.

Fazia tempo que não me apaixonava por um clipe, na verdade, quase um mini-curta-metragem. Quando fiz esse post sobre Drew Barrymore não pensei que iria lá todos os dias para ver e ouvir o West Side Story atualizado, que traz muita sensibilidade em palmas da mão e um estilo delicioso. A cena do telhado é a mais linda, porque no início da paixão é aquilo, um eterno brincar e rir junto misturado com beijos intermináveis. Mesmo com o final não sendo feliz, agradeço muito a Drew e ao Best Coast pelo calorzinho no coração. Vale a pena ver também os divertidos vídeos dos bastidores.

A música é super simples, não tem nada demais, mas a voz da vocalista Bethany Consentino nos prende na historinha, que também tem um quê da tragédia amorosa shakesperiana.

when you leave me

the bed is empty

and i feel crazy

cause i didn’t say anything

i wish you would tell me

how you really feel

but you’ll never tell me

cause that’s not our deal

Coro – Moribundo se encontra o antigo afeto, querendo o novo amor ser seu herdeiro; da beldade fatal o externo aspecto frente a Julieta é monstro verdadeiro. Ama Romeu, sendo também amado. Cada um nos olhos do outro acha feitiço; queixa-se ele do inimigo proclamado; na mais pungente dor cria ela viço. Sendo inimigo, acesso junto dela não obtém ele para suas juras; nem ela sabe, como, com cautela, lhe poderá dizer palavras puras. Mas o amor, em tamanha extremidade. sabe fazer da dor felicidade. Romeu & Julieta