Baby Steps

Muito obrigada a tod@s @s querid@s que comentaram no post anterior. É preciso dizer que aquele post foi uma catarse e que sua publicação acabou sendo muito importante para marcar um turning point em todo esse caso. Tivemos uma melhora significativa de terça-feira para cá. Mamãe não recusa mais o tratamento com remédios. A concentração está melhor e aversão a luz tem melhorado bastante. Portanto, catarses são boas não só para colocar para fora os sentimentos, mas também para formar essa corrente bacana de carinho e solidariedade entre tantas pessoas que me são muitíssimo queridas.

Estamos num momento baby steps, aprendendo como dar os novos passos e observando os limites de nosso cercadinho. E, é claro que meu humor hoje depende muito do humor de minha mãe, mas ela vem sorrindo de uma maneira tão fofa quando me vê, que mesmo esse sendo um período extremamente limitador para mim, tenho certeza que vai valer a pena. Porque sempre acreditei nesses papos de crescimento pessoal, pequenas vitórias, seu queijo no meu pão e quem mexeu na minha sanidade.

E sim, eu fui na minha terapeuta hoje. E agora estou aqui dopadinha de florais. Porque sou dessas.

Publicado por

Bia Cardoso

Uma feminista lambateira tropical.

7 comentários sobre “Baby Steps”

  1. ahahah, dopadinha de florais <3

    Hoje passeei numa avenida linda chamada Liberdade. E fiquei pensando livre de e livre para. E quão libertador é, muitas vezes, não ter opção, a não ser seguir vivendo as pequenas conquistas. Te admiro demais, te amo muito, cê sabe mas não custa dizer 😉

    Força na peruca, baby

  2. Ah, eu tou aqui ouvindo sua voz dopadinha de florais e rindo. Continuo na torcida, animada a cada sinal de que sua vida está retornando ao normal, que indica também que sua mamis está melhor. E saber que, mesmo neste momento tão especial você ainda tem toda aquela dedicação e paciência que a gente sabe, nossa, só aumenta minha admiração e meu carinho por você. Se tiver algo que eu possa fazer, mais do que apenas mandar abraços virtuais, pode dizer, tá? Beijos e fiquem bem!

Os comentários estão fechados.